segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Ai de mim se eu não anunciar o Evangelho!



"Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho!" - 1º Co 9:16

Há muitas questões sobre se ter o chamado de Deus em Sua Obra, mas a Palavra de Deus é muito clara sobre o Ide (Mt. 28:19,20). É observado em muitos cristãos uma desculpa em pregar o Evangelho por não ter o chamado, porém falar das Boas Novas de Cristo não se resume em pregar formalmente num púlpito e sim ir muito além com o seu modo de agir, conversar, cuidar, animar,... usando o Dom que Deus lhe deu. Todos que são salvos são chamados para dar testemunho da verdade da sua salvação.
Ao explicar seu ministério (1ºCo: 9:16-18), Paulo faz questão de dizer que sua atividade nada mais é do que uma resposta obediente à vocação que o Senhor lhe deu: “Ai de mim, se não pregar o evangelho”. Existe no nosso meio, uma postura leviana, quando o problema da vocação é enfocado. A tendência de alguns é enfatizar apenas o lado do Espírito Santo: “é Ele quem distribui Seus Dons”. Portanto, o raciocínio continua, “o Senhor nos chama, mas nós temos a liberdade de decidir se podemos ou não cumprir a vocação”. Neste contexto, aliás, muitas vezes é citado erradamente o “muitos são chamados, mas poucos os escolhidos...”
Paulo, escrevendo aos Coríntios sobre sua vocação, assume uma atitude de obrigatoriedade. Para o apóstolo, o crente não deve pensar que cumprir sua vocação seja uma questão opcional. Nossa vocação, qualquer que ela seja, faz parte do plano divino para o estabelecimento do Seu Reino.
É importante buscarmos no Senhor a finalidade da nossa existência, somos criados para a Glória de Deus, portanto quais são os Dons que cada um de nós fomos presenteados? (é necessário compreender que talento é diferente de Dom)
É interessante observarmos alguns exemplos:
1-      Temos que estar com o suprimento – Palavra – Assim como a mulher samaritana recebeu de Cristo a verdadeira água levou-a para o sue povo. Levou a Boa Notícia. O conhecimento. O Evangelho.
2-    Jesus disse que os discípulos tinham que ter a verdadeira e boa comida, para dar ao povo que estava chegando por causa daquela mulher que saiu apressadamente (Jo 4: 28,29, 34, 35).
3-    Paulo aprendeu de Deus que somos um corpo e para cumprir a Missão de Cristo devemos estar ciente que cada um de nós temos uma função para cumprir, em unidade, o Ide – 1ºCo 3:5-11
 É percebido na Palavra que para ser "separado para o evangelho" significa ser capaz de ouvir o chamado de Deus (Rm 1:1). O convertido à Cristo ouve esse apelo, um lindo amor pela Obra de Deus é produzido e ele entende que é chamado para produzir por meio de Jesus o Ide utilizando seus Dons e talentos para a Glória de Deus.
Se minha vocação é ser mestre, ai de mim se não ensinar. Se minha vocação é ser pastor, ai de mim se decidir não cuidar do meu próximo (das ovelhas quais Deus confiou a mim)... Ai de mim, se me negar a ser o que Ele quer que eu seja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário